Turismo corporativo: o que é?

Entenda o que é o turismo corporativo e sua importância para a economia brasileira e o impacto nas empresas.

Já ouviu falar em turismo corporativo? Essa é uma prática importante para o mundo dos negócios. 

A seguir, você vai saber o que é o turismo corporativo, como ele se diferencia do turismo a lazer, a crescente tendência do bleisure e a importância das viagens de trabalho no mundo empresarial.

O que é turismo corporativo?

O turismo corporativo, como o próprio nome sugere, está relacionado a viagens realizadas por profissionais em compromissos corporativos. 

Nesse tipo de viagem, o profissional está a trabalho e representa o interesse de sua empresa. Essas viagens corporativas podem ser direcionadas a uma variedade de finalidades, como reuniões de negócios, treinamentos, conferências, visitas a clientes ou fornecedores, participações em feiras ou workshops, dentre outras atividades relacionadas ao trabalho.

Em resumo, podemos dizer que o turismo corporativo envolve o deslocamento de funcionários em nome da empresa para atender a necessidades do negócio.

Com uma economia cada vez mais global, o turismo corporativo se torna um grande aliado da expansão internacional das empresas. Além do cenário mundial, em um país de dimensões continentais como o Brasil, o turismo corporativo também desempenha papel fundamental no crescimento das empresas.

Para esclarecer de uma vez por todas o que é o turismo corporativo e como ele transformou tanto as formas de trabalho, quanto a maneira como as empresas se relacionam com seus colaboradores, preparamos este artigo.

Essas viagens, geralmente, têm um propósito claro e um cronograma estruturado, visando otimizar o tempo e os recursos da empresa. Também vale lembrar que podem ser viagens individuais ou em grupo. 

Além disso, o turismo corporativo envolve o uso de serviços como hospedagem, transporte e alimentação, que são organizados e financiados pela empresa sob uma política de viagens corporativas – documento que rege o que pode e o que não pode ser feito nas viagens a trabalho daquela empresa. 

O pagamento dessas despesas de viagens pode ser feito pelo colaborador que solicita um reembolso posterior, por meio de adiantamento ou até mesmo por um cartão corporativo

O que é turismo a lazer? 

Por outro lado, o turismo a lazer refere-se às viagens realizadas por indivíduos ou grupos com o objetivo principal de descansar e aproveitar atividades de lazer, seja nas férias, em um feriado, final de semana ou qualquer outro período de descanso. 

Essas viagens são movidas por interesses pessoais e não estão relacionadas ao trabalho ou aos negócios.

No turismo a lazer, as pessoas têm liberdade para escolher destinos, passeios, meios de transporte e hospedagens de acordo com suas preferências individuais. 

Esse tipo de viagens permite que os viajantes explorem novos lugares, culturas e experiências.

Turismo corporativo e bleisure

Agora que já sabemos da diferença entre o turismo corporativo (viagens com fins profissionais) e turismo de lazer (viagens com foco no entretenimento do viajante), cabe destacar que existe uma prática que combina estes dois tipos de viagens. 

Estamos falando de bleisure. Essa é uma tendência crescente no mundo do turismo que se trata de uma mistura das palavras “business” (negócios) e “leisure” (lazer). 

O bleisure envolve a prática de estender uma viagem corporativa para incluir momentos de lazer. Na prática, podemos dizer que é quando o colaborador “emenda” a viagem corporativa com a viagem de lazer.

Por exemplo, um funcionário que viaja a trabalho pode receber autorização da empresa para chegar alguns dias antes ou permanecer depois das obrigações comerciais para explorar o destino turístico.

Isso permite que os profissionais aproveitem a oportunidade de conhecer novos lugares e relaxar, ao mesmo tempo, em que realizam suas responsabilidades de trabalho.

Para se ter uma ideia do impacto desta prática, segundo a Revista Exame, o CCO da American Airlines revelou que metade da receita da companhia aérea já vem da combinação de viagens a trabalho e lazer – além disso, a Skift afirma o número de viagens corporativas que incluem um final de semana teve um crescimento de 7% de 2019 a 2022 em todo o mundo.

turismo corporativo e bleisure
Bleisure une turismo corporativo e a lazer na mesma viagem

Qual é a importância do turismo corporativo?

O turismo corporativo desempenha um papel fundamental nas operações das empresas e também na economia por várias razões. 

Segundo o Ministério do Turismo, o faturamento do turismo corporativo alcançou R$ 6,5 bilhões no primeiro semestre de 2023, 17% acima do mesmo período de 2019, antes da pandemia da Covid-19. O levantamento foi realizado pela Associação Brasileira das Agências de Viagens Corporativas (Abracorp).

Segundo a Associação, o resultado demostra a recuperação do setor com a retomada das viagens e eventos corporativos que estavam represados na pandemia. 

Além do turismo brasileiro, sobre o impacto nas empresas, podemos citar: 

Expansão das empresas

As viagens corporativas permitem que as empresas explorem novos mercados, estabeleçam parcerias e conquistem clientes em diferentes regiões do país e do mundo.

Treinamento e desenvolvimento

Muitas empresas usam viagens corporativas para treinar funcionários, participar de conferências ou feiras corporativas e manter-se em constante atualização com as últimas tendências do mercado.

Relacionamentos de negócios

O turismo corporativo também facilita o fortalecimento de relacionamentos com clientes, fornecedores e parceiros de negócios, proporcionando oportunidades para reuniões presenciais e interações mais pessoais. 

Aquele café para fechar uma parceria traz resultados relevantes, afinal, quase 90% dos profissionais consideram as viagens corporativas como úteis ou essenciais, conforme a Global Business Travel Association (GBTA).

Gestão das viagens corporativas

Como toda essa relevância para as empresas e para a economia de forma geral, o turismo corporativo também demanda planejamento. Aí entra em pauta uma gestão eficaz das viagens corporativas.

As boas práticas na gestão e uma política de viagens estruturada (e com engajamento dos colaboradores) são fundamentais para garantir que os recursos da empresa sejam utilizados de forma eficiente e que os funcionários tenham boas experiências de viagem satisfatórias. 

Algumas práticas comuns de gestão de viagens corporativas incluem:

  1. Políticas de Viagens

A política de turismo corporativo é um conjunto de normas definidas pela empresa para as viagens de negócios. Este documento vai orientar com diretrizes claras sobre quais são as regras da viagem a trabalho, como teto de gastos, procedimentos de reserva e escolha de fornecedores.

  1. Ferramentas de Reserva

Outra boa prática do turismo corporativo envolve utilizar sistemas de reservas e gestão de viagens corporativas para facilitar a escolha de voos, hospedagem e transporte, garantindo conformidade com as políticas da empresa.

  1. Controle de Despesas

Faz parte da gestão do turismo corporativo que as empresas possam acompanhar e gerenciar os gastos relacionados às viagens corporativas, garantindo que os custos sejam controlados e estejam alinhados com o orçamento. Isso também é básico para a saúde financeira do negócio, diminuindo a chance de fraudes e erros. 

  1. Segurança dos colaboradores

A empresa tem o duty of care como pilar do turismo corporativo. Esse é o dever de cuidar do colaborador que está a serviço, seja na sede ou em uma viagem de negócios. Cabe ao gestor de viagens implementar medidas de segurança para garantir o bem-estar dos colaboradores. 

  1. Feedback dos viajantes

A gestão de viagens corporativas não é estática – deve ser uma ação estratégica e estruturada em dados para oferecer o melhor retorno do investimento possível. Por isso, faz parte das boas práticas, coletar feedback dos funcionários sobre suas experiências de viagem para identificar áreas de melhoria e ajustar as políticas e os procedimentos conforme necessário.

Com uma gestão eficaz, o turismo corporativo desempenha um papel indispensável nas operações das empresas, facilitando o crescimento, o desenvolvimento e o fortalecimento de relacionamentos vitais para os negócios. 

Aqui, no Blog da Onfly, você pode acompanhar outros conteúdos para aprofundar no conhecimento sobre turismo corporativo. Não deixe de assinar nossa newsletter para receber mais conteúdos como este diretamente no seu e-mail. 

newsletter
Compartilhe esse conteúdo
Elaine Maciel
Elaine Maciel

Elaine é comunicóloga pela UFSJ e embarcou no desafio de fazer parte do time de comunicação e marketing da Onfly como Analista de Conteúdo. Para conversar com ela, basta enviar um e-mail para elaine.maciel@onfly.com.br!