Principais desafios da gestão de viagens, em tempos de pandemia!

Em tempos de pandemia, o mercado de viagens corporativas sofreu significativas mudanças, com empresas buscando cada vez mais tecnologia para digitalizar seus processos e gerar mais eficiência

Em tempos de pandemia, causados pelo novo vírus Covid, temos experimentado uma brusca mudança nos hábitos das empresas com relação às suas políticas de viagens. A grande maioria destas, têm adotado o trabalho remoto, o chamado home office, para manter suas atividades enquanto todos, aguardamos ansiosos, a vacinação e posterior imunização da população mundial.

Enquanto isso não acontece, as empresas, além do trabalho remoto, também estão adotando outras medidas de prevenção. E uma delas é a redução das viagens, tanto quanto possível, de seus colaboradores. Essa condição tem impactado profundamente o setor de viagens corporativas, já mencionamos aqui no Blog inclusive, como o setor perdeu valor em 2020.

Mas neste cenário de incertezas, uma boa notícia tem sido a retomada do número de voos de forma gradual e constante no Brasil, como demonstra um estudo criado pela consultoria americana, mais bem conceituada no segmento de viagens, a Skift Research e que vem acompanhando desde o início da pandemia os dados do segmento de viagens.

Podemos notar pelo gráfico, que caso essa tendência de retomada continue, em breve, possivelmente ainda dentro do ano de 2021, o mercado de viagens estará no mesmo patamar de antes da pandemia.

Observando todo este ambiente que cerca o setor de viagens corporativas, alguns questionamentos podem surgir nas empresas, como por exemplo:

 “Está sendo possível mensurar quantos bilhetes aéreos foram cancelados desde o início da pandemia?” ou “A empresa consegue acompanhar os processos de reembolso de uma forma dinâmica e eficiente?”, também: “Os dados analíticos e gerenciais de viagens, tão importantes neste momento de revisão orçamentária e preparação para a retomada da atividade econômica, são transparentes e estão disponíveis em tempo real?” ou até mesmo: “A companhia tem total controle e garantia que não estão ocorrendo fraudes em seus processos de compra de passagens aéreas, reservas de hotéis, etc; e que seu processo de reembolso de despesas é seguro e confiável?”

Essas perguntas se juntam a tantas outras indagações, e a resposta a todas elas, está em uma só palavra: tecnologia

No mundo conectado que vivemos, onde milhares de Petabytes (1 Petabyte, equivale a 1024 Terabytes, e seu símbolo é ‘PB ’) de informações são compartilhadas a todo momento ao redor do planeta, a tecnologia é a solução. 

E Covid-19 acelerou ainda mais este processo de digitalização, com pessoas e empresas adotando cada vez mais hábitos digitais, apoiados, novamente, no uso da tecnologia.

E o mundo corporativo não poderia ficar de fora dessa revolução digital. Cada vez mais, as empresas mais conectadas e abertas a inovações, fazem uso de ferramentas de auto gestão, selfbooking, para melhorar os processos de controle de gastos de seus colaboradores, controle de créditos de passagens não voadas, reembolsos de reservas, administração de no show, bem como de controle de despesas, adiantamentos e reembolsos.

Um ponto importante a se ressaltar: os usuários “corporativos” estão exigindo cada vez mais que as plataformas de trabalho possuam a mesma facilidade dos aplicativos que eles utilizam no dia-a-dia, como Instagram, Facebook, Whatsapp e Linkedin, etc.

Portanto, plataformas corporativas devem ter uma grande obsessão em melhorar a experiência do usuário.

Existem hoje, algumas tecnologias disponíveis, que conseguem atender a essas demandas, seja de forma individual ou resolvendo todos esses “gargalos” e “dores” das organizações em um só lugar, de maneira fácil, rápida e com retorno do investimento  em redução de custos de viagens de forma imediata.

Com a utilização dessas ferramentas de tecnologia, as empresas resolvem várias questões, como por exemplo: 

  • Melhoram seus processos gerenciais sem depender diretamente de relatórios de agências de viagens, disponibilização de pessoal específico para entender e atender todas as demandas e particularidades de cada setor da empresa, aprovação em tempo real de requisições de compra de passagem, reservas de hotéis, etc;
  • Relatórios consolidados de despesas de viagens em um só lugar, além de resolver intercorrências que podem surgir durante a viagem dos colaboradores. 

Hoje uma plataforma de controle de compra de passagens aéreas, reservas de hotéis, aluguéis de carros, controle de adiantamento e de reembolso de despesas de viagens, além de várias outras particularidades, e que está sendo muito requisitada por essas empresas carentes de uma tecnologia all in one, é a ONFLY, uma traveltech que entende todas essas “dores” de seus clientes e consegue entregar uma tecnologia que atende a todas essas questões. 

Se sua empresa precisa de uma plataforma completa que oferece em tempo real, todos os dados de um cenário 360º de tudo o que ocorre referente a gestão de viagens, então a sua solução está na Onfly.

Conheça nossas soluções para redução de custos e gerenciamento das viagens que são feitas exclusivamente para empresas modernas que já entenderam a importância de digitalizar seus processos.

Clique aqui,  e solicite uma apresentação sem compromisso de um de nossos especialistas:

Alessandro Lisboa
Autor: Alessandro Lisboa

Alessandro Lisboa é formado em Ciências Contábeis pela Uiversidade FUMEC e Gestão Comercial pela Universidade Estácio de Sá. Possui mais de 15 anos de experência no segmento comercial, em sua maioria voltado para o B2B. É também um especialista em gestão de viagens corporativas que já ajudou cdezenas de empresas a melhorarem seus processos de controle e gestão de viagens, além de ajudar a reduzirem seus custos.

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão dicas de viagens corporativas

Só conteúdo supimpa, acredite ;-)

    Prometemos não enviar qualquer tipo de spam.


    Outros artigos
    Fale com um especialista Onfly
    Clique aqui e baixe sua planilha de RDV
    Descubra o que nenhuma agencia de viagens corporativas quer te contar