O futuro do trabalho e das viagens corporativas

Entenda como será o futuro do trabalho e das viagens corporativas, assim como as mudanças que ocorrerão no futuro do trabalho pós-pandemia.

O mercado de trabalho está sempre mudando, mas nada se compara às transformações que foram de extrema necessidade ao longo do período da pandemia do covid-19. Contudo, as expectativas nesse momento estão entorno de como será o futuro do trabalho, se as coisas voltaram ao “normal” – como eram antes – ou se certas mudanças já se tornaram definitivas.

Para entender melhor como será o cenário do mercado de trabalho no futuro e também das viagens corporativas, reuni algumas informações importantes para que você saiba o que será tendência nos próximos anos e como se preparar para essas mudanças. Então acompanhe comigo tudo que o futuro nos aguarda para o trabalho e viagens corporativas!

O trabalho hoje

Não é possível falar sobre o futuro sem mencionar como está o trabalho atualmente. Com flexibilização em diversas regiões do país e do mundo, o trabalho ainda sente as restrições determinadas para o controle da covid-19, mas o clima é muito mais de esperança do que de preocupação.

Isso porque grande parte da população já foi vacinada, até o início de setembro de 2021, pouco mais de 71% da população brasileira já tinha recebido a 1ª dose da vacina contra o novo coronavírus. Isso gera a esperança de que em breve poderemos todos tirar as máscaras, convidar nossos colegas de trabalho para um happy hour e não ter mais que nos preocupar com a propagação desse vírus.

Diante desse cenário, muitas empresas voltaram a funcionar – algumas ainda com restrição de horário e/ou lotação – e isso movimentou novamente o mercado de trabalho, seja acionando os colaboradores que estavam aguardando o retorno da empresa ou até mesmo com novas contratações. Aqui na Onfly, por exemplo, mais do que dobramos os clientes, confira a nossa retrospectiva desses 3 anos!

A pandemia e as mudanças de prioridades

Como já dizia Confúcio, “estude o passado se quiser decifrar o futuro”. Portanto, também precisamos falar sobre o que aconteceu pouco tempo atrás, quando a pandemia surgiu no início de 2020.

A primeira grande mudança gerada pela pandemia ocorreu nas prioridades. Tudo só girava em torno do que é prioridade no momento, controlar a pandemia para que não acontecesse um colapso na saúde ou liberar as atividades comerciais para que não acontecesse uma grande crise econômica.

Sabemos que as duas coisas aconteceram, tanto o colapso na saúde quanto a crise econômica, aqui no Brasil e em vários países do mundo.

Mas diante dessa indecisão, as medidas tomadas para o controle da pandemia aqui no Brasil incluíram paralisar atividades que não eram consideradas essenciais, implementar o trabalho remoto sempre que possível – muitas empresas adotaram esse modelo definitivamente, falarei sobre isso adiante – viagens corporativas apenas necessárias, inclusão de políticas internas para controle do covid-19, uso obrigatório de máscara – não só no trabalho, mas em todos os espaços públicos e comerciais – e a transformação digital.

Essas são algumas das principais mudanças que aconteceram no trabalho durante a pandemia, mas vale lembrar que nesse período muitos colaboradores foram demitidos e que muitas empresas quebraram, sem mencionar o grande número de pessoas que perderam suas vidas ao longo de toda a pandemia que ainda estamos vivendo.

O trabalho do futuro

Se você acredita que tudo voltará a ser como antes, saiba que você está enganado, mas isso não é algo ruim, acredite! Muitas mudanças que aconteceram em decorrência da pandemia já caminhavam para ocorrer, como é o caso da transformação digital – sabemos que hoje em dia é possível encontrar tudo na internet – e do trabalho remoto, não há como negar que o home office trouxe muitas experiências positivas, mesmo com desafios para a implementação repentina.

Além dessas mudanças que deverão se manter no futuro do trabalho, eu criei uma lista com algumas mudanças que podemos esperar para os próximos anos:

  • Mais concorrência profissional para conquistar uma vaga de trabalho;
  • Troca de emprego será comum e necessária em diferentes carreiras;
  • Especializações serão essenciais para uma boa remuneração;
  • Empresas enfatizarão a prática de “trabalhar onde quiser”;
  • Flexibilização de horários e preocupação com o bem-estar dos colaboradores;
  • Globalização econômica com base em avanços tecnológicos e logísticos;
  • Desenvolvimento tecnológico cada vez maior nas empresas;
  • Surgimento de novas profissões, principalmente nas áreas de tecnologia e ciências.

Para o futuro do trabalho pós-pandemia, a tendência é de que surjam novas oportunidades de trabalho, de que as empresas exijam colaboradores muito mais especializados e de que os estudos remotos (EAD) se tornem comuns na rotina dos profissionais.

Como as viagens a trabalho colaboram para o futuro do trabalho

Em relação às viagens a trabalho, ao longo da pandemia ocorreram diversas mudanças importantes, como a restrição para viagens em certos destinos e diminuição da ocupação dentro de aviões e ônibus de viagem.

Isso afetou fortemente o mercado de viagens, mas trouxe uma mudança que nós, da Onfly, já acreditávamos que seria o futuro das viagens corporativas, as viagens planejadas e necessárias.

Ao longo da pandemia as empresas se concentraram em realizar apenas viagens que fossem realmente necessárias, para não expor seus colaboradores a riscos desnecessários e para não gerar custos que poderiam ser evitados. E essa é uma tendência que se manterá no ambiente corporativo, as empresas perceberam a importância de fazer viagens planejadas, de buscar ótimos preços para reduzir os custos e de programar viagens somente quando forem necessárias.

O futuro das viagens a trabalho

No futuro das viagens a trabalho é esperado que as tendências se mantenham e se tornem conceitos comuns dentro das empresas. O que inclui a realização apenas de viagens necessárias, maior planejamento para a viagem, entre outras tendências que apresentarei com mais detalhes a seguir!

Viagens só ocorrem se realmente necessárias

Atualmente isso já acontece e essa é uma tendência para o futuro. As empresas entenderam a necessidade de evitar viagens que sejam desnecessárias devido ao risco de contaminação de seus colaboradores e também para a redução de custos desnecessários, como já expliquei.

Mesmo em um futuro sem o covid-19, essa tendência se manterá porque hoje em dia existem muitas tecnologias que podem substituir certos tipos de viagens, como as videoconferências, por exemplo. Mas isso jamais acabará com as viagens corporativas, pois ainda há situações em que é necessário uma reunião pessoal ou o gerenciamento em outro local.

Marcações em cima da hora

Mesmo com a tendência de viagens mais planejadas, as marcações em cima da hora também podem ocorrer no futuro como uma prática comum entre as empresas. O motivo para isso está na adesão cada vez mais crescente das empresas às plataformas especializadas em gestão de viagens corporativas.

Plataformas como a Onfly oferecem uma grande comodidade ao gerenciar viagens, o que dispensa a necessidade de programar viagens com grande antecedência. Em nossa plataforma, por exemplo, é possível cotar preços de passagens aéreas, reservas em hotéis e até contratar serviços como a locação de carros, tudo em um só lugar e em poucos minutos.

Portanto, se houver a necessidade em realizar uma viagem de última hora, as empresas terão uma grande facilidade em marcar suas viagens em cima da hora com plataformas como a Onfly.

Viagens mais densas, com mais objetivos e melhores aproveitadas

Mas também é esperado que no futuro a tendência de realizar viagens corporativas melhores aproveitadas seja mantida também. Ou seja, viagens que possuem mais objetivos, que possam ser aproveitadas da melhor forma possível, eliminando assim desperdícios e otimizando o tempo do colaborador na viagem.

Nesse aspecto, as plataformas especializadas em gestão de viagens também podem ser essenciais para o futuro das viagens corporativas. Isso porque nessas plataformas é possível gerenciar os mínimos detalhes da viagem. Portanto, a utilização de plataformas como a Onfly também é uma tendência para o futuro das viagens corporativas que possibilitarão realizar viagens mais aproveitadas.

O futuro do trabalho já ocorre

Por fim, não tem como falar sobre como vai ser o futuro do trabalho sem dizer que o futuro do trabalho já ocorre. Sim, estamos vivendo todas essas transformações no trabalho e nas viagens corporativas desde que a pandemia pegou a todos de surpresa.

O que já é realidade no futuro do trabalho em 2021:

  • Viagens necessárias e planejadas;
  • Trabalho em home office;
  • Flexibilização de horários;
  • Mais preocupação com o bem-estar dos colaboradores;
  • Perfil profissional mais exigente nas empresas.

Ou seja, tudo aquilo que é esperado para o futuro, já podemos observar no mercado de trabalho atualmente e também no planejamento de viagens corporativas. Embora muitas dessas mudanças surgiram em decorrência da pandemia, como eu disse anteriormente, já havia uma tendência para que essas mudanças ocorressem nos próximos anos.

Atualmente, podemos observar como as empresas estão se tornando cada vez mais tecnológicas, como a transformação digital está trazendo todos os tipos de negócios para a internet e como as empresas estão cada vez mais preocupadas em manter um time de colaboradores capacitados e engajados.

Seja qual for o futuro do trabalho e das viagens corporativas, saiba que você pode contar com nosso time de especialistas para a gestão de viagens corporativas.

Se gostou deste conteúdo, deixe seu comentário aqui embaixo. Confira outros post aqui no blog da Onfly.

Compartilhe esse conteúdo
Imagem padrão
Jared Belfort
Jared Belfort é especialista em viagens da Onfly, nos últimos meses tem se dedicado a entender como funciona o mercado de viagens e como pode otimizar os custos de viagens das empresas, para falar com ele, basta enviar um e-mail para jared@onfly.com.br

Deixar uma resposta