5 passos para a fidelização da sua base de clientes

O que te torna fiel a uma empresa ou a um produto? Já parou pra pensar nisso? Porque você sempre volta aquele restaurante, ou padaria, que você tanto gosta? Porque você é cliente de determinado banco há tantos anos? 

Porque você passou por um processo de fidelização com sucesso (check) 😄

Mas como aplicar isso em minha própria empresa ou em minha carreira de gerenciamento de contas? Eu trouxe aqui 5 passos interessantes para você se atentar (e o último vai te assustar).

Pronto? Vamos lá!

1º passo – Imersão pós-venda

A alegria de uma nova jornada, um novo processo e um novo produto não deve ser apenas de uma parte. É imprescindível que você mergulhe de cabeça na implantação do produto junto com seu cliente para uma maior fidelização. 

Esteja presente, se disponibilize, faça reuniões e mostre cada particularidade do seu produto à ele, mostrando como usá-lo com eficácia. Uma configuração bem feita e alinhada é fundamental para que ele comece com o pé direito!

2º passo – Acompanhamento de jornada

Terminou a configuração e que venha o próximo? Não! O seu trabalho não se encerra após as entregas das configurações iniciais, pelo contrário, ele acaba de começar! Apoiar o seu cliente nos primeiros passos é fundamental.

Sabemos que o cliente está mais independente e te demandando menos, mas isso não significa que ele não deve ser acompanhado. 

Esteja disponível para ajudá-lo. Faça um follow-up quinzenal, mensal, conheça os processos internos do seu cliente, ajude-o em reconfigurações e os ajustes necessários, dê idéias, cocrie com ele,  mostre que se importa. 

Sabe o ombro amigo pra chorar? Seja ele, porque senão ele vai encontrar outro (:

3º passo – Produtos

Se você acompanha a jornada, você sabe exatamente do que ele precisa para crescer ainda mais (um passo leva ao outro, heim?). É impossível avançar para o próximo passo sem passar pelo passo anterior, então se você pulou alguma coisa até aqui, agora é a hora de dar um passinho para trás e recalcular a rota. 

Ouça com atenção todas as dores do seu cliente durante a jornada e apresente os produtos complementares de sua empresa que o ajude a solucionar as rusgas. O cross-selling e up-selling vem aí! 

4º passo – Cruzamento de dados

O sucesso do cliente veio! 

Nesta etapa da jornada o seu cliente já usa sua ferramenta, seus produtos, e tem um companheiro de jornada (você)… O fluxo de informações que vem e vai, nesta altura do campeonato, tende a crescer muito. Por isso é extremamente importante que os sistemas conversem. Descubram juntos como tornar o cruzamento de dados mais fluido, seja por meio de uma integração de sistemas ou cruzamento de relatórios. O que fizer sentido pra vocês dois! 

5º passo e mais importante passo – Seja fiel ao seu cliente, como você quer que ele seja com você!

Vender por vender não é uma opção.

  • Se o produto x não encaixa pro seu cliente: não venda!
  • Se você não pode entregar algo que seu cliente pediu: não prometa!
  • Se você não pode dar a atenção que ele quer: se abra com ele!

Durante um namoro, se a pessoa que você namora quebrar sua confiança, você se casa com ela? Essa é uma analogia perfeita para ilustrar o processo de fidelização de um cliente:  o segredo está nele saber que ele tem uma pessoa em quem pode confiar. 

Sem mentiras, sem brechas. 

Seja fiel a ele como você quer que ele seja com você!

fidelização

Quer saber mais informações sobre dados de mercado e o mercado de viagens e despesas corporativos? Siga a Onfly no LinkedIn e nos acompanhe.

Compartilhe esse conteúdo
Time Onfly
Time Onfly

Quer entrar em contato conosco? Mande um e-mail para: marketing@onfly.com.br