Bleisure, como combinar lazer e trabalho em uma mesma viagem - conheça

Viajar a trabalho é bem diferente de viajar a lazer. As obrigações profissionais devem ser cumpridas, relatórios devem ser preparados e enviados, ter uma agenda apertada para praticamente tudo no dia a ponto de só chegar no hotel para dormir. Mas aquela praia ali pertinho te chama todos os dias. A Bleisure tem vindo com essa ideia de tornar o momento possível.


Viajar a trabalho é bem diferente de viajar por lazer. As obrigações profissionais devem ser cumpridas, relatórios devem ser preparados e enviados, ter uma agenda apertada para praticamente tudo no dia a ponto de só chegar no hotel para dormir. Mas aquela praia ali pertinho te chama todos os dias. O conceito de Bleisure tem vindo com essa ideia de tornar este momento possível.


“Bleisure” é uma tendência que veio para adicionar uma camada de relaxamento as viagens corporativas. É literalmente a combinação entre as palavras “bussiness” (negócios) e “leisure” (prazer), visando uma experiência completa do viajante em termos profissionais e pessoais. E acredite, funciona para os negócios que é uma beleza. Mas vamos começar pelo básico.

O que é Bleisure, afinal?

Esse é um conceito que vem ganhando força em empresas da última geração, os chamados “millennials”. Trata-se de combinar as obrigações do trabalho, seguindo as ideias estabelecidas nas políticas de viagens que você já viu por aqui, com aquela leve esticada após o cumprimento das tarefas, muito bem gastos em atividades de lazer.

Ao contrário do que parece, essa parte recreativa não é bancada pela empresa. Ou melhor dizendo, é comum não ser: o que é oferecido ao viajante são alguns dias a mais no destino da viagem, para que possa relaxar um pouco antes de voltar ao trabalho.

O Bleisure tem sido muito bem vindo em segmentos que necessitam de viagens constantes por parte dos profissionais, além de setores que demandam criatividade. Mais do que dar uma “folga”aos funcionários, eles voltam renovados, com gás para continuarem trabalhando, e o melhor de tudo para a empresa, cheios de ideias para fazer o negócio crescer.

Colocando o Bleisure para funcionar

O Brasil ainda é um tanto tímido nessa parte, porém não é tão difícil propor e aplicar o Bleisure em sua rotina de viagens. A começar pelo seguinte fato: apesar de esticar a viagem por mais alguns dias, as despesas da parte mais “divertida”, por assim dizer, são cobertas pelo próprio colaborador. Afinal de contas, você não está cumprindo as atividades profissionais, certo?

Tudo isso é conversado com antecedência. Detalhes como a comunicação entre a empresa e o colaborador, quais serão os custos do profissional ao se manter hospedado no mesmo local, e se há mesmo interesse de ficar mais alguns dias no local, são bem importantes para definir em sua viagem.

Ao definir os parâmetros da viagem, é só escolher os lugares que deseja ir, sozinho ou com a equipe, e relaxar. Você vai como a cabeça de quem esfriou bem ao entrar em contato com o lado natural das coisas voltou tão leve. As vantagens do Bleisure

Adotar o Bleisure em suas viagens corporativas traz mais vantagens do que imagina. Quer dizer, não é só relaxar uns dias depois do trabalho, mas deixar a cabeça arejada para novas possibilidades com seu trabalho, conhecer o ambiente onde está de uma forma não tão corporativa. Veja só algumas possibilidades bacanas.

Diminui custos de viagem e aumenta a produtividade

É um dos benefícios mais claros quando se investe no Bleisure. Para quem já tinha imaginado o destino em uma outra época, ou já estava com a viagem planejada segundo o calendário da empresa, os custos para ficar uns dias a mais é bem menor, sem nem mesmo precisar dos recursos da empresa.

Além do mais, aproveitar o momento de descanso para pensar em outras coisas além do negócio torna a produtividade ainda maior em sua volta, ou no próprio local de “folga”. Afinal de contas, a comunicação com a liderença continua, seja com as reuniões sobre os resultados da viagem, seja com aquelas tarefas mais simples de serem feitas enquanto não volta para o escritório.

Permite viajar com a família

Essa é uma vantagem mais evidente para quem é casado e já constituiu família. É bem comum, para quem viaja com frequência, ficar longe da esposa, do marido ou dos filhos, e isso por longos períodos se considerar alguns segmentos;

O Bleisure permite adicionar mais um elemento importante às viagens de negócio, que é a participação da família. Enquanto o colaborador contribui com suas responsabilidades de trabalho, a família pode aproveitar o momento de viagem enquanto o aguarda para aqueles dias de descanso. Isso torna a rotina mais tranquila, e o profissional mais instigado a continuar com o serviço.

Contribui com a política de viagens

A política de viagens corporativas pode ser um ponto delicado para os colaboradores que viajam muito. Já vimos por aqui que uma boa forma de construir regras que sejam viáveis é através da transparência, colocando o colaborador como parte importante do processo.

Ao aplicar o Bleisure, você só adiciona mais uma camada ao processo, já tornando a viagem do profissional mais interessante, e mais econômica para você também: uma vez que não precisa arcar com todos os custos da viagem, deixando que eles aproveitem o momento para adicionar a própria experiência, ambos só tem a ganhar.

Qualquer destino é válido para o Bleisure?

Tecnicamente, sim. Porém… Como mencionamos antes, quanto a política de viagens, considere se o destino é de fato viável para a prática. Apesar de toda cidade ter suas características turísticas, nem todo lugar pode ser atrativo o bastante, ou economicamente sustentável, para que se estique a viagem por mais uns dias assim. Para o colaborador, pode até ser um prejuízo.

Bleisure é ganha-ganha, a empresa ganha e o colaborador ganha

Bleisure parte de uma premissa fundamental de relação "ganha-ganha", o colaborador ganha ao ter momentos de lazer, sozinho ou com a família com parte da viagem sendo paga pela empresa.

A empresa ganha com colaborador descansado e mais motivado, simples assim.

Conclusão

Assim, sempre considere a adição do Bleisure como parte de seu planejamento. Ele pode expandir a criatividade quando se permite conhecer a cultura e o turismo local, e chegar com ainda mais vontade de contribuir com o crescimento da empresa. Além do mais, ninguém é de ferro, certo? Um momento de relaxamento é sempre bom. Até a próxima!


AUTOR: Jared Belfort

PUBLICADO EM:22 Jun 2019

BIO: Jared Belfort é especialista em viagens da Onfly, nos últimos meses tem se dedicado a entender como funciona o mercado de viagens e como pode otimizar os custos de viagens das empresas, para falar com ele, basta enviar um e-mail para jared@onfly.com.br


TAGS

dicas viagens economia gestao self-booking

Receba dicas de viagens corporativas em primeira mão (só deixare seu e-mail)

* indicates required



OUTROS ARTIGOS