Startup promete reduzir até 35% de despesas de suas viagens corporativas

wordpress

Onfly mutiplica 8x o número de clientes em 2021 com promessa de automatizar os processos de gestão de viagens em 100%.

Você viaja à trabalho? Se sim, provavelmente já passou por algum desconforto ou percebeu o quanto você gasta tempo para achar a passagem correta ou recolher os papeizinhos de reembolso.

Uma boa gestão de viagens é muito mais baseada em análise do que no operacional, permitindo que os próprios colaboradores realizem suas reservas, seja de ônibus, avião, locação de carro e até mesmo reserva de hotel.

Uma pesquisa do GTBA refletiu que uma gestão de viagens bem feita interfere até mesmo no turnover e na taxa de felicidade dos colaboradores “A maioria dos compradores de viagens concorda que as empresas podem melhorar a retenção de funcionários ou reduzir a rotatividade por meio de vários esforços centrados no viajante. Estes incluem upgrades de viagens, como classe executiva (80%); tecnologia de melhor qualidade (80%); políticas mais centradas nos viajantes (77%); tempo adicional para viagens freqüentes (73%); melhor atendimento ao cliente a partir de seus TMC/viagens programa (68%); fornecedores de melhor qualidade (63%); e regras menos rigorosas (53%)”.

Como reduzir as despesas de viagens corporativas?


Imagine uma plataforma em que você consiga gerenciar todos os processos de viagens, desde a compra da passagem mais barata (mais em conta que tarifas públicas) até a automatização do temido reembolso. Com a Onfly, startup mineira criada em 2018, tudo isso é possível!


Segundo o CEO “Nenhum problema tem uma só solução pronta e acabada. Mas todos eles exigem gestão. Nas grandes empresas existem até departamentos inteiros para planejar as viagens e nas muito pequenas esses deslocamentos praticamente não existem. Entre essas pontas ficou um universo de empresas que precisam prover viagens corporativas com uma certa frequência, mas que fazem isso de maneira pouco controlada, cotando e tomando decisões de forma amadora, quase como uma pessoa física”, aponta Linhares.

A Onfly promete reduzir em até 35% das despesas com viagens além de resgatar o tempo gasto com pesquisas, compras e burocracias de uma viagem.

Outro ponto importante é relacionado a programar políticas de viagens dentro da plataforma, a fim de criar múltiplas regras e alçadas de aprovação (horizontal e vertical) para dar tranquilidade e transparência ao processo de reserva de hotéis e

A viagem é um investimento que precisa dar retorno para a empresa. Nós organizamos o processo. O cliente pode configurar os orçamentos, debitando do centro de custos. Por exemplo, bloqueamos passagens 30% acima do preço médio.”
Marcelo Linhares, CEO Onfly

Fundada em 2018, a Onfly já reduziu +R$6 milhões em custos com passagens aéreas, ônibus, locação de carro e hotel, em +1 mil empresas que usam a plataforma.

Além da recente expansão para passagens rodoviárias, a startup mineira está prestes a lançar um cartão corporativo, para abolir os burocráticos reembolsos e a experiência ser mais fluida e 100% digital. Serão cartões físicos ou virtuais, sem nome de titular, sendo possível ser reutilizado. A expectativa é grande, e a startup estima atingir em 2022 um volume de transações quatro vezes maior que o ano anterior.