Como comprar passagens aéreas baratas para sua viagem a trabalho – Guia Definitivo

Quer saber como comprar passagens aéreas mais baratas para suas viagens pessoais e viagem a trabalho? Neste épico post de Jared Belfort, é apresentado hacks e dicas exclusivas e não convencionais para realizar economia na compra de passagens aéreas. Este artigo vale tanto para pessoas físicas e para empresas

17 minutos de leitura

Update 24/06/2020 Novas dicas adicionadas para comprar passagens aéreas mais baratas

Update 22/06/2019 Atualizado o post, incluso informações sobre mitos, comparadores de preços e informações sobre alta-temporada.


Precificação de passagens aéreas é uma das coisas mais interessantes no turismo e na economia, essencialmente sabemos que o que prevalece é sempre a lei da oferta e da procura, ou seja, uma oferta alta e uma procura baixa pressiona os preços para baixo, da mesma forma que uma oferta reduzida com alta demanda pressiona os preços para cima.

Um exemplo é a recuperação judicial da Avianca que com a sua redução de oferta de vôos, elevou em média em 40% o preço das passagens nos seus concorrentes. Incrível né?

E o outro efeito também acontece, com a Covid-19 e o esvaziamento da demanda, os preços das passagens aéreas está lá no chão.

É possível encontrar trechos de Belo Horizonte (Confins) a São Paulo (Guarulhos) por exemplo, a R$ 49,99 o trecho, valor impensável há 6 meses atrás.

Entretanto, a velocidade que ocorre a flutuação dos preços das passagens, hoje guiada pelas plataformas de compras digitais, é absurdamente rápida, passagens aéreas podem mudar de preço até 10x dentro de uma hora, fatores e variáveis como IP e localização, tempo de antecedência, dia da semana, turno e horário da compra influenciam diretamente no preço.

Em geral, segundo fontes do setor da aviação, as companhias aéreas precisam garantir uma ocupação de pelo menos 60% do vôo, para não ter prejuízo em determinado trecho, logo, preficificar bem as passagens é uma competência fundamental para as companhias aéreas serem competitivas e terem boas margens.

Também é de extrema importância fazer comparações em tempo real, já que a tarifa pode mudar de um dia para o outro: às vezes, dentro do mesmo dia, pode haver variações drásticas. Todas as promoções disponibilizadas pelas principais companhias aéreas em operação no Brasil, como Gol, TAM, Azul, Avianca e outras operadoras internacionais, devem ser monitoradas pelo responsável pela compra de passagens corporativas da sua empresa, em busca de descontos vantajosos para a viagem.

O desafio se torna ainda maior, quando falamos de viagem a trabalho, pois muitas vezes não há o tempo disponível para várias cotações, como é comum em uma viagem de lazer, e cabe aos responsáveis ter sagacidade e inteligência para encontrar os melhores preços.

Abaixo, listamos todos os hacks e dicas especiais que selecionamos para você comprar passagens aéreas mais baratas para sua viagem a trabalho (e para lazer também).

  1. Cuidado com os mitos
  2. Planejamento é Rei
  3. Considere olhar companhias áreas diferentes
  4. Use comparadores de preços
  5. Aproveite as passagens e ofertas de preços com milhas
  6. Avalie os aeroportos, pense em aeroportos alternativos
  7. Aba anônima 😉
  8. Cadastre-se em sites e seja avisado
  9. Evite a compra em altas temporadas

Os Mitos das Passagens Aéreas Baratas (quase fakenews)

Isso é bem comum, seja aqui no Brasil ou lá fora. Na busca por preços mais baixos, muitos acreditam mesmo que existem dias específicos, horários específicos, “fórmulas mágicas” parar comprar passagens aéreas mais baratas para empresas (ou para lazer).

Sabe a moda da Fakenews? Então, é algo muito parecido, espalham um boato, baseado em algumas inverdades, e um monte de gente repete de forma e repassa a informação de forma irresponsável.

De fato, até existem dias e horários específicos para compra de passagem barata, mas eles não são determinados de forma tão exata e estática assim. Existe todo um contexto e variantes que contribuem para os preços altos ou baixos nas passagens – oferta e procura, lembra? Pensando assim, é realmente bom deixar alguns dos mitos relacionados a esse momento de lado.

Se você ainda não os conhece, vamos te mostrar aqui para que não caia no conto do vigário de alguns espertinhos online.

  • Passagens online não ficam baratas todas as terças ou quarta-feiras. Podem ficar em qualquer dia da semana, em qualquer horário possível, ok?
  • Não existem datas exatas que podem ser previstas para comprar sua passagem. O que existe é planejamento, sempre;
  • Ressaltando: assim como data, você não consegue prevenir quais companhias aéreas vão baixar os preços com tanta antecedência, mesmo que existam sites que lancem suas previsões, isto é pura especulaçào.
  • Passagens ida-e-volta da mesma companhia (conhecido como round-trip) não são sempre mais baratas, em geral quando escolhe um trecho de ida e volta pela mesma companhia, os preços se reduzem, mas isto nem sempre acontece, temos visto muitas companhias praticando os mesmos preços para apenas uma perna, precisa olhar trecho-a-trecho e companhia a companhia
  • Limpar o cache e o cookie do browser, esquece, isto não funciona, ok?
  • Comprar direto da companhia aérea nem sempre te dará os melhores preços, acredite, existem diversos canais de distribuição de preços de passagens pelas companhias aéreas, e é muito comum dar descontos para agências de viagens ou até mesmo campanhas de incentivo (exemplo: durante o mês de maio, passagens para São Paulo da TAM terão 25% de desconto para as agências específicas). Portanto, existem oportunidades boas de comprar passagens mais baratos em algumas OTAs como viajanet e Decolar.com e para as empresas, em plataformas como o da Onfly, que entrega descontos baratos para empresas que antes era exclusivo para grandes empresas
  • Na última hora você vai pagar mais caro, em 99,9% das vezes, existe um mito que se comprar passagem aérea nos últimos minutos você paga mais barato. Isto acontece com muita frequência em companhias aéreas americanas (mas nem sempre) mas aqui no Brasil isto é extremamente raro, portanto, não acredite nisto.

Planejamento é rei: Planeje, compre com antecedência e tenha os melhores descontos para sua empresa

Ao planejar uma viagem, você conseguirá comprar com antecedência e terá preços melhores 95% das vezes.

Uma das premissas para encontrar passagens baratas é comprar com antecedência, mas uma antecedência tão alta como 6 meses não é necessário, as companhias aéreas começam a colocar os algoritmos de precificação para funcionar normalmente com 90 dias de antecedência, pelas pesquisas do site Melhores Destinos, viajantes na baixa temporada conseguem os melhores descontos com 25 a 40 dias de antecedência, e na alta temporada com 60 a 90 dias.

Portanto, é fundamental um planejamento dos colaboradores da sua empresa, para organizar a viagem com antecedência e obter passagens mais baratas para sua viagem a trabalho.

No momento de fazer uma busca por passagens aéreas, o comprador institucional deve procurar pela menor tarifa disponível no momento. Acontece que, como cada tarifa tem um limite de disponibilidade, uma vez esgotada a tarifa mais barata, o usuário terá de refazer a busca pela próxima tarifa mais barata disponível. Assim, é muito importante começar a pesquisa com bastante antecedência. Além disso, é preciso ter em mente que cada destino possui sua melhor época para oferta de passagens promocionais. Isso significa dizer que as tarifas mais em conta são encontradas com cerca de 90 dias de antecipação. Em algumas operadoras, é possível fazer uma pré-reserva, para “segurar” o(s) assento(s) por até 48h, e depois efetuar a compra, com segurança e lastro de tempo.

O curioso sobre isto é que nos EUA e na Europa acontece um efeito contrário, aqui no Brasil, na última hora o preço de balcão é proibitivo, você precisa deixar um rim para conseguir comprar uma passagem em cima da hora, e lá é bem diferente, os preços das passagens nos últimos minutos tendem a cair de forma absurda.

Existem sites exclusivos para compra de passagens no último minuto

Considere olhar ida e volta em companhias diferentes e usufruir de descontos de duas companhias aéreas

Pense no seguinte cenário, uma pesquisa de passagem com o trecho Confins e Congonhas, ida e volta, ao pesquisar, você encontra os seguintes preços:

IDA E VOLTA Preço
TAM R$ 380,00
GOL R$ 520,00
AZUL R$ 470,00

Ao observar estes números, está claro que o vôo mais barato é da TAM, correto?

Mas quando coloca uma lupa e desmembra os preços da ida e volta por companhia aérea, é possível ver que existem trechos de ida e volta em companhias diferentes com preços bem melhores.

Aí está o pulo do gato.

COMPANHIA PREÇO IDA PREÇO VOLTA TOTAL
TAM R$ 200,00 R$ 180,00 R$ 380,00
GOL R$ 150,00 R$ 370,00 R$ 520,00
AZUL R$ 350,00 R$ 120,00 R$ 470,00

Analisando este contexto, a melhor combinação é escolher ir de GOL e voltar de AZUL, ao invés do preço de R$ 380,00 da TAM, o valor final ficaria em R$ 270,00, obtendo portanto 30% de desconto sobre inicialmente a melhor tarifa.

Para você não ficar horas pesquisando o menor preço, conte com plataformas de comparação de preços de passagens, que lhe entregarão a melhor combinação de trechos, sempre

Use a tecnologia dos comparadores de preços

Leva-se um bom tempo para encontrar as melhores opções de passagens aéreas. Um bom jeito de começar, nesses casos, são com os comparadores de preços. Eles são uma mão na roda quando a intenção inicial é ter um panorama geral das passagens a serem compradas.

Mas fica a dica aqui: os comparadores funcionam mais para pesquisas gerais, sem uma data definida. Dessa forma, os filtros funcionam com mais facilidade, e você pode buscar os valores de uma forma mais solta, pesquisando várias datas, combinações de companhias e passagens.

Em geral, os comparadores de preços varrem os sites de todas as companhias aéreas e retorna tudo em um lugar apenas, tarefa hérculea para um humano.

Existem plataformas de comparação de preços gratuitas na internet para pessoas físicas e existem plataformas corporativas, para empresas (como a Onfly por exemplo)

Fale com um especialista Onfly

Hoje em dia, tanto os sites de compradores de preços, como aqueles que agregam ofertas, tem a opção de alertas que avisam os seus usuários sobre aquela promoção disponível, isto é incrível.

Especificamente para comprar passagens aéreas baratas, esses alertas estão disponíveis em alguns comparadores de preços, que podem enviar por notificações no browser, e-mails, etc. Uma grande vantagem oferecida por eles, mais do que agilizar processos, é estimar quanto tempo eles podem levar para aumentar ou diminuir os preços das passagens.

Seguem algumas opções de comparadores de preços que oferecem essas opções de alertas

  • Kayak – Tem diversas opções de estimativas de preços e alertas, além de criar previsões para elas. Funciona bem para altas temporadas;
  • Skyscanner – Garante boas opções para voos nacionais e internacionais, além de permitir vários tipos de alertas para destinos diferentes, e valores diferentes também;
  • Voopter – O Voopter é incrível, você consegue escolher até 4 datas de ida e 4 datas de volta, ele busca em várias companhias aéreas, OTAs (online travel agency, tipo Decolar.com) e empresas de milhas
  • Onfly – Se seu vôo é para uma viagem corporativa, considere usar uma plataforma especializada como a Onfly, explico: além de comparar preços em todas as companhias aéreas (inclusive milhas), a Onfly garante descontos sobre o preço da companhia aérea, possui descontos exclusivos para empresas e além disto consegue entregar relatórios poderosos para análise de dados como: tempo médio de antecedência de compra por colaborador, por centro de custo, se a passagem comprada de fato era a mais barata, etc… etc..

Aproveite a onda das passagens com milhas

Nos últimos anos uma enorme onda de sites que vendem passagens com milhas surgiram no país trazendo muita economia para viajantes que desejam comprar passagem aérea barata.

É possível encontrar passagens com até 60% de descontos nestes sites, que fundamentalmente “compram” milhas de terceiros e emitem passagens para os seus compradores, obtendo um spread econômico nesta intermediação.

Por questões burocráticas, muitas empresas ainda não usufruem destes benefícios ao comprar passagens aéreas baratas para os seus colaboradores, jogando fora uma enorme oportunidade em economizar com suas despesas de viagens corporativas.

Entretanto, já existem agências de viagens corporativas focadas em trazer todos os benefícios das milhas para gerar economia para as empresas.

Lembrando, que não há nenhuma restrição destes bilhetes (apenas não pontuam), mas passagens emitidas nestes sites estão sob as mesmas garantias da ANAC.

Comprar ou vender milhas não é ilegal, com jurisprudência na justiça inclusive, abaixo um trecho de um texto do site da Maxmilhas, player líder no setor em venda e compra de milhas no Brasil:


“…É perfeitamente legal. Já houve inclusive uma avaliação desse tema pela Justiça, que em primeira instância entendeu que os consumidores têm pleno direito sobre os pontos ou milhas acumulados nos programas de fidelidade, inclusive com a prerrogativa de emitir passagens e vendê-las a terceiros. Um dos argumentos utilizados na decisão é de que os próprios programas hoje comercializam as milhas, vendendo diretamente, ou através de Clubes e outros meios.”


 

Avalie os aeroportos, pense em aeroportos alternativos

Avalie todos os aeroportos na sua busca por passagens aéreas mais baratas, por exemplo, ao invés de olhar apenas Confins x Congonhas, considere olhar para Guarulhos, é possível encontrar passagens de até R$ 500,00 mais baratas, e chegando lá, nada que R$ 50,00 de Uber ou 99, não te leve ao seu destino.

Um outro exemplo, vôos para a cidade de Governador Valadares em Minas Gerais normalmente são bem caros, pela baixa oferta e por ter um histórico grande de cancelamento, logo, é bem mais provável encontrar passagens mais baratas para o aeroporto de Ipatinga, que fica a apenas uma hora de Governador Valadares, um viajante sagaz, irá considerar esta rota, ao invés de focar apenas na cidade de Governador Valadares.

Evite horários de pico

Recordemos da lei de mercado que orienta toda precificação das passagens aéreas, que é a da oferta x procura, logo, em horários de pico, as passagens costumam ser mais caras, vôos segunda-feira de manhã e sexta-feira por volta de 17:00 – 19:00 historicamente possuem preços maiores, justamente por serem horários de pico e terem uma procura bem maior.

Para voos internacionais, geralmente, não há muitas opções disponíveis de horários, já que a grande parte das empresas faz apenas um voo por dia, para a maioria dos destinos. Mas, em voos internos nos EUA, na Europa ou mesmo no Brasil, os horários menos “convencionais” tendem a ser mais baratos, já que os preços variam de acordo com a procura. Viajar de madrugada, por exemplo, ou bem cedo pela manhã, no horário do almoço ou no fim da noite, geralmente, fica bem mais em conta.

Vôos com histórico de atrasos e cancelamento são mais caros

Em voos onde historicamente ocorrem muitos atrasos e cancelamentos, como os que partem de São Paulo em período de alta chuva no verão, por exemplo, costumam ser mais caros, isto ocorre pois a companhia aérea já “precifica” os eventuais prejuízos com gastos adicionais com combustível e assistência a passageiros. Segundo estudo do Nectar/ITA, passagens com historico de atrasos costumam custar 12% mais, afinal, não existe almoço grátis, todo gasto adicional da companhia é em algum momento repassado para o consumidor.

Use aba anônima

Opte por pesquisar os preços das passagens em aba anônima do seu navegador, alguns softwares de mercado que as companhias aéreas utilizam, colocam o seu histórico de pesquisas para alterar o preço da passagem, provavelmente subindo o preço pois consideram que sua probabilidade de comprar é bem maior de quem nunca pesquisou antes.

Cadastre-se para receber alerta de passagens.

Determinados sites de comparativo de taxas aéreas oferecem um serviço bastante prático para o usuário, possibilitando que ele crie um alerta para monitorar o valor das passagens aéreas, quando o destino já é sabido. Trata-se do “alerta de preços”, que pode enviar diretamente para a caixa postal do comprador virtual um e-mail diário, informando se houve ou não alteração no preço da busca salva. Quando o preço cair, é possível efetuar a compra, garantindo o melhor negócio para a sua viagem.

Evite a compra em altas temporadas

É preciso estar atento ao quesito “sazonalidade”, no âmbito do planejamento de compra de passagens aéreas, a fim de evitar viajar em feriados ou férias, quando as tarifas têm acréscimos consideráveis. Em geral, as semanas que antecedem e as que vêm depois de datas festivas costumam contar com tarifas mais econômicas, pois são consideradas de baixa temporada.

Isso serve para aquelas compras antecipadas, ou para os atrasados que deixaram para última hora. A alta temporada não é necessariamente o verão ou inverno, mas sim períodos específicos do ano em que alguns destinos se tornam mais visados pelo público em grande quantidade. Isso pode acontecer desde grandes épocas, como as já mencionadas estações, como também podem ser alguns eventos: carnaval, finais de campeonatos, shows e cidades turísticas.

Por exemplo, na Copa América no Brasil em 2019, os vôos na cidade onde houve os jogos naturalmente encareceram, oferta e demanda, lembra?

O fato é que, dependendo do destino ou da data, a compra de passagens pode ser bem mais alta do que se gostaria, independente da época procurada.

Para evitar viagens na mesma época que “todo mundo”, ou ao menos se antecipar com os valores de passagens aéreas, veja algumas sugestões a seguir.

  • Pesquise os valores de compra das passagens alguns dias antes do evento. Dentro dessa dica, você pode optar por dias da semana que não sejam o fim de semana, período em que a maior parte do público costuma viajar;
  • Caso já tenha um destino definido, confirme se ele não coincide com outras datas típicas de alta temporadas. É incomum acontecer, mas eventos ou mesmo reuniões podem acontecer na mesma época em que grandes atrações circulam pela cidade, e isso pode encarecer as passagens;
  • Para diminuir o preço em casos de datas e locais já programados, busque por voos com conexões. Eles tendem a baratear os custos, embora necessite de uma maior gestão de tempo dos colaboradores que irão viajar, já que o tempo de voo costuma ser maior.
  • Por falar em conexões, é uma dica interessante levá-los em conta para fazer boas compras. Mas essa dica de ouro valeria uma seção por si só.

Inscreva-se nos sites das companhias aéreas

Companhias aéreas como qualquer empresa costumam fazer campanhas exclusivas em alguns períodos como final de semana, ou só em determinado horário de um dia específico. Como uma campanha recente da Gol de vender passagem aérea a R$ 3,90, que a propósito foi um mico, pois o site saiu do ar e ninguém conseguiu comprar.

Mas imagina que o site não caisse, as pessoas que tivessem na newsletter da Gol seriam os primeiros a saber, portanto, assine as listas de e-mail das principais companhias aéreas, inclusive é válido se você está com previsão de um vôo internacional, assinar os sites das companhias que fazem o trecho.

Conclusão

Comprar passagem aérea barata não é sorte, é disciplina e técnica, se você está buscando economizar para uma viagem pessoal ou para sua viagem a trabalho, é compreensível que você gaste algum tempo aplicando estas técnicas e tentando reduzir os custos da passagem.

Se você está buscando passagem aérea para sua empresa, tome cuidado para o “molho não sair mais caro que o peixe”, ou seja, gastar um longo tempo pesquisando passagem para economizar um valor, que no final, não custeará nem a sua remuneração, além da demora influenciar na alteração do preço final, portanto é fundamental buscar uma agência de viagem corporativa que dê para você todo o suporte para que consiga comprar passagem aérea mais barata no menor tempo possível.

Jared Belfort
Autor: Jared Belfort

Jared Belfort é especialista em viagens da Onfly, nos últimos meses tem se dedicado a entender como funciona o mercado de viagens e como pode otimizar os custos de viagens das empresas, para falar com ele, basta enviar um e-mail para jared@onfly.com.br

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão dicas de viagens corporativas

Só conteúdo supimpa, acredite ;-)

    Prometemos não enviar qualquer tipo de spam.


    Outros artigos
    Otimize sua gestão de viagens
    Clique aqui e baixe sua planilha de RDV
    Descubra o que nenhuma agencia de viagens corporativas quer te contar