Checklist para retomada das viagens corporativas! Tudo que você precisa!

Acesse nosso conteúdo exclusivo com checklist para retomada das viagens corporativas, mantendo toda segurança dos colaboradores.

A retomada das viagens corporativas tem ocorrido gradualmente em diversas empresas e segmentos. Mesmo com a crise sanitária provocada pelo covid-19 ( ainda sem controle, mas com várias regiões já com vacina ), é possível fazer viagens a trabalho com práticas mais seguras. A recomendação ainda é a mesma: viagens só se forem necessárias.

E se esse é o caso da sua empresa, não pode deixar de conferir o checklist para a retomada das viagens corporativas

Mesmo após a vacinação de toda a população e controle da pandemia do novo coronavírus, alguns hábitos serão mantidos por um bom tempo. Afinal, isso permite garantir maior proteção para quem viaja e para pessoas próximas. Sendo assim, elaboramos neste artigo um checklist com tudo que você precisa conferir em uma retomada das viagens corporativas. Confira!

Checklist para viagens corporativas

A primeira coisa que você deve saber é que no momento, a pandemia não está devidamente controlada. Sendo assim, há muitas recomendações para quem irá viajar a trabalho. Tanto viagens nacionais quanto internacionais estão sendo realizadas com algumas limitações. Veja a seguir as regras para viajar e tudo que você precisa saber sobre viagens corporativas em tempos de pandemia. 

1. Quem pode viajar a trabalho na pandemia?

A recomendação ainda é para que as pessoas evitem ao máximo o contato com outras pessoas. Ou seja, só saia quando for realmente necessário. No caso de uma viagem a trabalho, se ela for realmente necessária veja quem pode realizar a viagem:

  • Pessoas que não são do grupo de risco do covid-19;
  • Pessoas que não apresentaram nenhum sintoma do coronavírus nos últimos 14 dias.

Além disso, é importante considerar quem está proibido de fazer qualquer tipo de viagem e deve ficar em isolamento social

  • Quem teve ou está com sintomas do covid-19 nos últimos 12 dias (os principais são: febre alta, tosse contínua, falta de ar, perda do olfato e paladar);
  • Quem teve contato com alguém próximo que teve coronavírus nos últimos 12 dias;
  • Pessoas do grupo de risco, que são aqueles com mais de 60 anos ou que possuem problemas de saúde como doenças pulmonares, diabetes, doenças cardíacas e comprometimento do sistema imunológico.

2. Quais destinos são permitidos?

Outro ponto muito importante ao planejar uma viagem de trabalho é sobre o destino. Nem todos os destinos podem ser acessados facilmente ao longo da pandemia. Isso vale para destinos no Brasil e no exterior. 

No país, são os municípios que decretam a abertura ou fechamento da cidade como medida para combater a pandemia. Já no exterior, cada país determinou suas próprias regras para o ingresso de visitantes, sendo que muitos deles fecharam completamente as fronteiras

Por isso, antes de planejar sua viagem a trabalho é muito importante conferir se o destino em questão poderá ser acessado no período da sua viagem. Além disso, se for uma viagem para o exterior é importante ter em mente que, caso as fronteiras sejam fechadas novamente durante sua viagem, você poderá ter problemas para retornar ao Brasil. 

Sendo assim, até que a pandemia seja controlada é recomendado não realizar viagens internacionais, considerando que há um grande risco de ficar preso em outro país por causa das determinações de cada país, que podem mudar a qualquer momento. 

3. Quais são as regras nos aeroportos?

Algo que mudou bastante ao longo da pandemia são as regras nos aeroportos. Aliás, cada aeroporto possui suas próprias regras para auxiliar no combate à pandemia. Por isso, é recomendado que antes de viajar você tenha informações precisas sobre o aeroporto em questão. 

Contudo, a maioria dos aeroportos adotaram as seguintes medidas enquanto mantêm as viagens ao longo da pandemia de covid-19:

  • Medição de temperatura corporal: essa é uma medida adotada por vários aeroportos que permite saber se a pessoa está com febre. Por meio de um termômetro com infravermelho, a entrada de pessoas só é permitida quando a temperatura do passageiro é considerada normal. Além disso, alguns aeroportos já contam com alta tecnologia para controle da pandemia, como é o caso da câmera térmica que permite identificar pessoas com temperatura elevada. 
  • Uso obrigatório de máscara: tanto os funcionários dos aeroportos quanto os passageiros devem se proteger utilizando máscara. A medida é uma obrigatoriedade federal para entrar em qualquer estabelecimento e até mesmo circular nas ruas. No entanto, dentro dos aviões algumas companhias apenas recomendam o uso da máscara. Mas as recomendações dos órgãos de saúde é de que você use a máscara sempre que estiver em um ambiente com outras pessoas que não estão em isolamento social com você.
  • Distanciamento social: outra medida adotada por muitos aeroportos é a de distanciamento social. Isso vale para os assentos dentro dos aviões e para os assentos que ficam ao longo do aeroporto. Lembrando que os órgãos de saúde recomendam o distanciamento social para evitar a contaminação por covid-19. Por isso, nas filas dos aeroportos há sinalizações para manter o distanciamento social de forma organizada. 

4. Como estão as políticas de cancelamento de voos?

Durante a pandemia, as medidas para combate ao coronavírus têm mudado constantemente. Por isso, é importante que ao comprar as passagens aéreas você confira se a companhia possui uma política de cancelamento de voos flexível. Atualmente, muitas companhias já adotaram políticas mais flexíveis por causa disso. Mas é importante saber como funciona a política de cancelamento, caso algo mude de última hora e você precise cancelar sua viagem. 

5. Como escolher hotéis para viagem corporativa na pandemia?

Há várias recomendações quanto a escolha do hotel em uma viagem corporativa. O ideal é escolher um hotel que fique perto do objetivo da viagem, para minimizar o deslocamento e o contato com outras pessoas. Além disso, ao fazer a sua reserva é muito importante conferir se o hotel possui medidas contra o coronavírus, como higienização adequada dos ambientes comuns e dos quartos, entre outras medidas. 

Sendo assim, antes de fazer a sua reserva, sempre confirme as informações de higiene do hotel que você pretende se hospedar. Também é válido confirmar as regras do hotel quando a utilização de espaços ou áreas comuns, incluindo piscina, spa, restaurante, entre outros. 

Esse é o checklist para retomada das viagens corporativas com maior segurança. Sendo assim, se você precisa viajar a trabalho durante a pandemia, não deixe de conferir esse checklist para garantir a sua saúde e das pessoas próximas a você.

Jared Belfort
Autor: Jared Belfort

Jared Belfort é especialista em viagens da Onfly, nos últimos meses tem se dedicado a entender como funciona o mercado de viagens e como pode otimizar os custos de viagens das empresas, para falar com ele, basta enviar um e-mail para jared@onfly.com.br

Deixe seu e-mail e receba em primeira mão dicas de viagens corporativas

Só conteúdo supimpa, acredite ;-)

    Prometemos não enviar qualquer tipo de spam.


    Outros artigos
    Fale com um especialista Onfly
    Clique aqui e baixe sua planilha de RDV
    Descubra o que nenhuma agencia de viagens corporativas quer te contar