As 7 melhores dicas sobre como escolher um hotel em uma viagem a trabalho

Veja as 7 dicas incríveis sobre como escolher os melhores hotéis para sua viagem a trabalho, equilibrando variáveis como custo, qualidade, conforto e distância

Quando viajamos a trabalho, precisamos sentir bem, afinal o hotel será sua segunda casa enquanto viaja, isso não precisa ser uma experiência ruim. Confira 7 dicas sobre como escolher a acomodação perfeita com o melhor custo x benefício sem erro e sem pagar mais caro por isso! Neste artigo você vai aprender a identificar, escolher e adotar os melhores hotéis para viagens de negócios.

1 – Cuidado com a Localização

A Localização é fundamental, mas será sempre um trade-off, nem sempre você vai achar um hotel próximo ao seu compromisso que te fará dormir bem, portanto, abra um pouco mais o raio de sua pesquisa, às vezes com R$ 10,00 a mais no Uber e 15 minutos no trânsito, você pode ficar melhor acomodado;

O contrário também vale, sempre terá um hotel 5 estrelas no outro lado da cidade pelo preço de um de 3 na região das suas reuniões, mas se prepare para ficar pelo menos 1 hora no trânsito, não caia na tentação: o estresse e o preço do deslocamento não vão compensar;

Se vai trabalhar o dia todo e pegará um voo muito cedo no dia seguinte, cogite se hospedar mais próximo ao aeroporto, diminui muito a chance de se atrasar e de perder o avião, o dia pode amanhecer chuvoso e o trânsito não ajudar, já que normalmente os aeroportos estão mais distantes das regiões centrais.

2 – Observe as Instalações

As fotos, normalmente feitas por fotógrafos profissionais sempre são favorecidas pelos ângulos e não mostra as surpresas, fotos de uma piscina ou um lobby maravilhosos, mas desconfie se não houver fotos dos quartos, afinal de contas é onde você passará a maior parte do tempo, se está em dúvida, o TripAdvisor é uma excelente ferramenta para ver comentários e principalmente as fotos enviadas pelos hóspedes, estas são as melhores, pois retratam a realidade nua e crua. A ideia aqui é mostrar como detalhes observados ajudarão a ter uma melhor noite e um próximo dia de sucesso.

Observe se o aparelho de Ar condicionado são aqueles de janela, eles normalmente são velhos, barulhentos e indica muito o padrão do mobiliário;

Assim como se no quarto há uma televisão de tubo (acreditem, esta antiguidade ainda pode ser encontradas em muitos hotéis por aí..)

Se ainda não conhece o hotel e o grau de cuidado, fuja dos quartos com carpete, é muito difícil mantê-los limpos, sem mofo e longe de ácaros. Hotéis mais novos estão adotando materiais mais fáceis de manter e limpar, como piso vinílico, laminados de madeira ou porcelanatos;

Tomadas? Sim! Precisamos delas, tente observar nas fotos se possui tomadas ao lado da cama, ou um abajur que no limite desligamos para que possamos plugar nas tomadas, celulares, relógio, laptop, power bank. O viajante corporativo dorme conectado e usa seu smartphone como despertador e agenda para seus compromissos no dia seguinte. Portanto seu celular tem que estar do lado, é muito chato acordar de manhã e ter que levantar da cama para pegar o celular a 2 metros de distância, muitos hotéis que possuem o público de negócios como majoritário não pensaram nisso ainda.

Atente aos banheiros, se a cerâmica ou revestimento forem muito antigos, há grande chance de você não gostar. Por mais que seja bem limpos e higienizados são velhos e não traz uma boa sensação. Banheira? Não se iluda, significa que você está mesmo em um hotel antigo, se tem aquela cortininha ainda, pode saber, seu banheiro irá ficar todo molhado.

3- O que fazer se você é alérgico?

Opte por hotéis e quartos mais novos.

Ao chegar no quarto do hotel, levante o lençol e a capa do colchão para ver se não há ácaros e mofo, as vezes tem um lindo lençol por cima de um colchão amarelo e velho. Neste caso, é difícil enxergar isso nas fotos (talvez dos hóspedes), ligue para a recepção do hotel e peça para trocar de quarto imediatamente.

4- O silêncio é fundamental

Como normalmente nos hospedamos mais próximos dos compromissos e normalmente nas regiões mais movimentadas da cidade, barulhos de carros, ônibus, buzinas, ambulâncias; então, veja se o hotel possui janelas antirruído ou se são esquadrias de alumínio normais (como as que temos em casa), na dúvida ligue e pergunte.

Prefira hotéis com mais andares, por mais que possua uma janela antirruído, quanto mais alto o hóspede se instalar, menos barulho vai ouvir.

Provavelmente terá que escolher entre uma boa vista de sua janela ao escolher um quarto virado para os fundos, ou lateral. Coloque na balança, se silêncio for sua prioridade para uma boa noite de sono, opte por um quarto que não seja virado para a rua principal, pergunte ao recepcionista qual a melhor opção priorizando o silêncio.

Não chegue tão tarde para o check-in, os melhores quartos vão sendo entregues para quem pede primeiro.

5- Atente-se aos Tipos de Acomodação

Apart-hotéis: São acomodações maiores, vem com sofá, microondas, as vezes até um fogão, são mais indicadas para long stay (longas estadias), normalmente são construções mais antigas, pois as novas são orientadas a terem um melhor aproveitamento do espaço para caber mais quartos na mesma área.

Quartos de Hotel: Normalmente não há uma regra padrão para definição das categorias, cada hotel pode adotar suas próprias terminologias, as mais comuns são: (da menor para maior): Standard, Superior, Luxo, Premium, Junior, Suíte.

Quartos denominados Twin, possuem duas camas de solteiro e Double Casal, é uma cama para duas pessoas. Atente-se ainda para a escolha da cama, pode fazer toda a diferença dependendo de sua altura e peso.

6 – Escolha o Tipo de Refeição Ideal

O ideal é escolher o regime de alimentação de acordo com a necessidade.

  • Sem Café da Manhã: Muito comum hoje em dia, é ideal para os dias que você sairá muito cedo e não tomará café da manhã no hotel, os valores de diária costumam ser mais baixos nestes casos.
  • Café da Manhã: Café da manhã com buffet, é o mais comum no Brasil, com pães, frios, café, leite, sucos, frutas, etc.
  • Café da Manhã Continental: Um café muito simples (café, leite pão e manteiga). É muito comum alguns hotéis liberarem apenas o Continental pela madrugada 4h30 as 6h30 para que os hóspedes não saiam de barriga vazia.

7 – Adote seus Hotéis favoritos

Você não precisa fazer todo este trabalho de análise toda vez que for viajar, faça uma lista de dois, três hotéis por região que atenda suas expectativas e fique neles, te ajudará a sentir melhor no seu destino, ao fazer esta escolha não fique preso em hotéis de redes, é claro que as grandes de possuem um padrão de qualidade, checklists e são geralmente muito parecidos uns dos outros da mesma bandeira, mas também são os mais visados e mais cômodos na hora de decidir pela hospedagem a trabalho, olhe outros nomes, hotéis independentes, são mais suscetíveis a dar desconto em tarifas e seguindo as dicas deste artigo, certamente você não irá errar!

Conte também com a consultoria de uma agência de viagens parceira, mas opte por reservar seus hotéis via uma plataforma self-booking ágil e tecnológica.

Siga a Playlist de viagens a trabalho da Onfly no Spotify

Elvis Soares
Autor: Elvis Soares
Deixe seu e-mail e receba em primeira mão dicas de viagens corporativas

Só conteúdo supimpa, acredite ;-)

    Prometemos não enviar qualquer tipo de spam.


    Outros artigos
    dicas e travel hacks para sua viagem a trabalho
    15 dicas e travel hacks para sua viagem a trabalho

    Viajar é algo que todos amamos, com alguns truques e dicas, nossa experiência é elevada a outro patamar. Nesse artigo, a Onfly reuniu os melhores truques e travel hacks dos viajantes a trabalho frequentes, especialistas e profissionais de viagem para você descansar e aumentar a sua produtividade

    Fale com um especialista Onfly
    Clique aqui e baixe sua planilha de RDV
    Descubra o que nenhuma agencia de viagens corporativas quer te contar